Governo Municipal analisa projeto para castração de cães e gatos

O Município deu mais um importante passo para a implantação do projeto que prevê a castração de cães e gatos em Santo Ângelo. Nesta semana, o prefeito em Exercício Bruno Hesse, reuniu as médicas veterinárias vinculadas ao município, Emília Stehmann e Maria Daniela Roberto, o diretor da Secretaria do Meio Ambiente Antônio Cardoso, o engenheiro José Carlos Ferraz e o coordenador da Secretaria da Agricultura, Renê Khel, para tratar do local que sediará a sala cirúrgica veterinária e do projeto de adequação do espaço.

Bruno Hesse explicou que será destinada uma área junto ao Parque de Exposições Siegfried Ritter para a realização das atividades e que aguarda a confirmação de liberação de emenda parlamentar orçada em R$ 100 mil, do deputado federal Cajar Nardes, mais o valor da contrapartida do Município, para as obras da sala veterinária e para aquisição dos equipamentos e aparelhos utilizados nos procedimentos cirúrgicos. “Não há um prazo definido para a instalação, mas estamos nos antecipando e dando todos os encaminhamentos para que tenhamos um centro de esterilização animal com estrutura adequada, em condições de oferecer todos os protocolos, pré e pós-cirúrgico”, informou o prefeito em exercício.

Nesta quarta-feira, 03, pela manhã, os servidores estiveram no Parque de Exposições para conhecer o local onde será instalado e dar início ao projeto de adequação do espaço.
O próximo passo do Executivo é reunir o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, instalado neste ano pelo prefeito Jacques Barbosa, para colocar o assunto em xeque e debater as regras para o funcionamento do espaço.

Texto/Foto: Tarso Weber